sábado, 31 de dezembro de 2011

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Como começar o ano com o pé direito?



Todo mundo sabe que final de ano é uma época fértil para as promessas. É comum as pessoas fazerem uma espécie de “balanço do ano”, avaliando o que foi bom e o que foi ruim, e, neste “balanço”, surgem as promessas para o ano que está chegando. Emagrecer, estudar mais, se dedicar mais à família, fazer uma viagem, ter filhos, parar de fumar, encontrar um(a) namorado(a)... Se pudéssemos fazer um ranking das promessas feitas com maior frequência, provavelmente estas estariam entre as 20 mais.

Confesso que eu fico um pouco intrigada com todas essas promessas. Não exatamente pelo que as pessoas desejam, pois tudo me parece bastante razoável. O que me intriga é que a maioria daqueles(as) que prometem parecem simplesmente se esquecer, rápido demais, do que prometeram. Não se esquecem do que desejam, é claro, mas se esquecem de suas próprias promessas. Assim sendo, continuam querendo parar de fumar, mas parecem não se lembrar do que devem fazer para isso. Continuam desejando fazer uma viagem, mas parecem se esquecer do que precisam fazer para que a viagem aconteça.

A impressão que tenho é que a maioria das pessoas simplesmente deseja algo e espera que seu desejo magicamente se realize. Acontece, no entanto, que quase nada nesta vida se faz desta maneira. Você deseja emagrecer, mas não basta desejar e ficar esperando que o peso magicamente vá diminuindo. É preciso fazer dieta, praticar esportes, adquirir hábitos mais saudáveis... De maneira semelhante, não basta querer encontrar um par e ficar em casa, de braços cruzados, esperando que o(a) felizardo(a) entre pela porta. É preciso ser ativo(a) na busca, se relacionar com as pessoas, conversar, sair, demonstrar interesse...

Já que esta é uma época de rever o que se passou ao longo do ano, pense no quanto você, que deseja tanto encontrar um amor, se esforçou para isso em 2011. Será que você simplesmente desejou isso no réveillon, mas ao longo do ano poderia ter feito mais? Ainda que você tenha buscado ativamente, o que será que pode fazer para 2012 ser ainda melhor? O que você faria novamente? O que faria diferente?

Em vez de fazer uma promessa de ano novo que se perderá, talvez seja mais interessante assumir um compromisso consigo mesmo(a). Este compromisso deve envolver não apenas bons pensamentos para o ano que chega, mas principalmente atitudes que favoreçam que seus desejos se realizem. Começar o ano com o pé direito significa, portanto, se propor a fazer todo o possível para atingir o que você tanto quer. Em outras palavras, não basta desejar e prometer. É preciso fazer por onde para conseguir realizar os próprios desejos.



Este artigo foi escrito por:
Dra. Mariana Santiago de MatosPsicóloga

domingo, 25 de dezembro de 2011

sábado, 24 de dezembro de 2011

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Livro - Reflexologia Como Aprendizado

Livro Reflexologia Como Aprendizado

- Crislane Sica

- Icone Editora

Reflexologia como Aprendizado (para leigos ou profissionais)

Dizemos que a saúde é o nosso bem mais precioso! Então porque adoecemos? Não existem "doenças", mas uma única doença ligada à imperfeição humana, e que se revela através de diferentes sintomas.
Neste livro é mostrado que a compreensão dos diversos sintomas clínicos podem ser amenizadas de uma forma mais rápida, eficaz e natural utilizando pontos em áreas das "solas" dos pés para consquistar então equilíbrio, relaxamento, harmonia e felicidade!

A reflexologia destina-se às pessoas que buscam formas de tratamento mais próximas a natureza delas mesmas!

- Brochura
- 80 páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A energia na Reflexologia

Assim como na medicina chinesa, ela provem da respiração e nutrição. E formada de fósforo, carbono, hidrogênio e oxigênio. Uma vez estas moléculas agrupadas com suas devidas cargas formarão a princípio a Ribose, a Adenina e o Trifosfato. É na união destes compostos que formamos o Trifosfato de Adenosina (ou ATP) que representa mais de 90% da energia de vida do ser humano. O curso desta energia é através da circulação sangüínea que a leva a cada célula individualmente e entra na mitocôndria desta, dando assim energia à célula e assim, esta tem força para absorver os nutrientes e excretar os resíduos não aproveitáveis. Com isso a célula fica saudável fazendo com que o tecido fique saudável e assim também todo o órgão bem como seus aparelhos e sistemas e todo o organismo. Porém o ATP não entra na célula nesta forma; antes ele recebe uma carga de cálcio provocando assim a divisão do ATP em Bifosfato de Adenosina ABP e Monofosfato Cíclico de Adenosina AMP, em qualquer destas formas, o ABP ou o AMP consegue entrar na mitocôndria e assim exercer o seu papel. Porém na forma isolada como AMP ou ABP que não entrou na célula, este não tem a função energética visto esta ser transferida para a célula, porém por uma ação hormonal o AMP une-se ao ABP tomando-se novamente ATP e novamente assumindo o papel de energia, pronto para ser utilizado novamente segundo o processo acima. As enfermidades ou mau funcionamento do organismo, como se este estivesse fraco para agir, se dará devido à falta de energia celular que por sua vez afetará em efeito dominó todo o organismo, e como há uma ligação direta do órgão com o cérebro, qualquer distúrbio celular ou tecidual será comunicado ao cérebro, que iniciará o processo de stress nervoso, enviando as descargas elétricas nas terminações nervosas correspondentes nos pés.


A fisiologia da Reflexologia explica que fazendo o trabalho inverso ou seja, pressionando as terminações nervosas, estas enviarão estímulos nervosos ao cérebro que, por sua vez, estimulará o órgão como que o sacudindo para que funcione bem e absorva os nutrientes que por ali estiverem, bem como o ATP.


Porém às vezes a patogeníase pode não estar ligada diretamente ao órgão. Pode ser um problema ligado diretamente ao ATP, como por exemplo, deficiências respiratórias ou nutricionais, mau metabolismo do cálcio ou desequilíbrio hormonal, além de agressões externas, tanto físicas como emocionais. Nestes casos precisamos estimular as glândulas e aparelhos como um todo para corrigir outras deficiências, às vezes não ligadas diretamente à patologia. Outras causas podem ser: um distúrbio do próprio Sistema de comunicação no caso o sistema nervoso, ou um problema ligado diretamente com a circulação sangüínea; nestes casos também devemos estimular estes sistemas através dos mesmos estímulos. Por isso a importância de uma boa avaliação prévia do paciente, se possível até com um diagnóstico clínico, para vermos até que ponto há uma lesão reversível ou irreversível. Assim através destes estímulos nociceptivos e nervosos podemos fazer com que todo o organismo tenha força própria para lutar e vencer suas próprias enfermidades e passar a funcionar o mais próximo da perfeição possível.


Resumindo: O ATP é a forma de energia nutridora que percorre cada célula do nosso corpo. É formada de Carbono, Hidrogênio, Oxigênio e Fósforo, que são retirados diretamente da respiração e da digestão. O ATP exerce uma influência direta na mitocôndria da célula, fazendo com que esta tenha energia para trabalhar, como se fosse a indústria da célula. Porém para que o ATP chegue ao seu destino existem alguns caminhos a percorrer. Há a necessidade de certos quesitos a fim do ATP desempenhar o seu papel para a manutenção da saúde.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Benefícios Físicos e Mentais da Reflexologia



Benefícios Físicos

- Desintoxica e revitaliza o organismo.

- Normaliza todas as funções corporais.

- Melhora a circulação sanguínea e a drenagem linfática.

- Estimula o sistema imunitário e o sistema nervoso.

- Alivia a dor.

- Relaxamento profundo.



Benefícios Mentais

- Aumenta a sensação de bem-estar geral, acalma e relaxa.

- Aumenta o nível de confiança e de auto-estima.

- Facilita a estabilização de uma mente agitada.


-Auxilia o controle do stress, da ansiedade e da depressão

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O que é reflexologia?



A prática é indicada para desobstruir a energia, proporcionando o equilíbrio físico, mental e emocional

A reflexologia podal é uma prática que consiste na aplicação de pressões em pontos reflexos específicos localizados nos pés e que correspondem às diferentes zonas do corpo. O objetivo é tratar a pessoa inteiramente e induzi-la a um estado de equilíbrio e harmonia. Baseia-se no princípio de que existem áreas ou pontos reflexos nos pés que correspondem a cada órgão, glândula e estrutura no corpo.

Ao trabalhar esses reflexos, o corpo é beneficiado de diversas maneiras. Entre os benefícios estão: relaxamento físico e psíquico; melhor circulação sanguínea; fortalecimento do sistema imunológico; limpeza das toxinas do corpo - sistema linfático, excretório e tegumentário (pele); revitalização e equilíbrio da energia e do organismo; bem-estar físico e mental; alívio de dores na coluna e no nervo ciático; diminuição de edemas, síndrome pré-menstrual, depressão, ansiedade, dores de cabeça, problemas digestivos, entre outros.

A reflexologia desobstrui a energia estagnada, desimpedindo o fluxo de energia do corpo e energizando os aspectos físico, mental e emocional. Mediante o tratamento dos reflexos, os bloqueios são desfeitos e a harmonia é restaurada em todos os sistemas, o que resulta em saúde e bem-estar aos indivíduos sob tratamento.

A prática é contra-indicada em casos de feridas ou coágulos, trombose, flebites (inflamação das veias), doenças infecciosas, tumores malignos, leucemia ou outras formas de câncer, problemas cardiovasculares ou outro tipo de problema vascular nas pernas. Nesses casos é necessário consultar um médico.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O que acontece durante uma sessão de reflexologia?

Nossos corpos são um pouco como máquinas. Se nós cuidamos bem deles, eles não vai nos servir por mais tempo do que se espera. Isto significa que as coisas tais como ter uma dieta saudável e exercício não devem ser tomadas de ânimo leve. A Reflexologia é uma forma de terapia que oferece uma série de benefícios, sem quaisquer riscos, mas o erro que você nunca deve fazer é sacrificar o básico, como comer bem e exercitar só porque você faz reflexologia regularmente. Se você quiser a sua saúde geral para melhorar, você tem que integrar essas medidas com a reflexologia.

Preliminares básico

Na verdade, quando você vai para uma sessão de reflexologia, normalmente o terapeuta terá uma discussão detalhada sobre seu estilo de vida com você antes de começar. Depois dessa conversa, normalmente o terapeuta irá oferecer aconselhamento, como o que mudar em seu estilo de vida para garantir que você tenha uma vida melhor. Só depois destas preliminares básicas que a sessão de reflexologia começa.

O que acontece durante uma sessão de reflexologia?

Não precisa tirar a roupa para ter reflexologia. Esta forma particular de tratamento concentra-se em braços e pernas, por isso, essencialmente, você acabou de remover seus sapatos e meias. Se você é um homem, você pode querer afrouxar a gravata também. Para um conforto extra, coisas como meias e cintos apertados também deve ser removido. Você, então, senta em uma cadeira ou deita em um sofá no escritório dos terapeutas. Tem que fazer isso uma vez que as posições que você para um maior conforto, e também coloca seus pés na posição correta para tornar mais fácil para o reflexologista a trabalhar com eles. Depois de uma sessão de relaxamento do pé, o terapeuta faz massagem geralmente um pé de cada vez em uma ordem distinta. Polegares do terapeuta e os dedos funcionam sem problemas em torno de seus pés, utilizando uma variedade de técnicas para estimular o fluxo de energia em todas as zonas de reflexologia. Isso também funciona para liberação de todos os blocos e os desequilíbrios de energia. Se os terapeutas detectar um desequilíbrio energético , eles normalmente fazer-lhe perguntas para tentar descobrir o que pode ter causado o transtorno em particular. É típico de um a se sentir muito relaxado, e um pode até cair no sono durante a sessão. Após o tratamento será dado um pouco de água para beber e uma oportunidade para descansar e se orientar.

No geral, a reflexologia é um método muito bom de terapia, e qualquer pessoa pode obtê-lo. No entanto, é preciso se certificar de que eles também cuidar de outras coisas básicas, tais como dieta e exercício, se pretendem tirar o máximo proveito dela.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Reflexologia Podal



A reflexoterapia é uma das técnicas mais eficazes para proporcionar esse equilíbrio, pois atua diretamente no sistema nervoso central, reduzindo a tensão física e mental, promovendo o estado de relaxamento.

O reflexoterapeuta encontra os bloqueios existentes através de pontos doloridos e áreas granuladas, que evidenciam os distúrbios acometidos no organismo, pois cada ponto dolorido reflete exatamente o grau de comprometimento da saúde física ou emocional do indivíduo.

Problemas associados à dor na cabeça: insônia é o mais comum. Mas pode significar ainda cefaléia ou enxaqueca.
Na tiróide: dificuldade para digerir carboidratos, lipídios e proteínas. Isso prejudica a absorção de nutrientes vitais para o perfeito funcionamento do corpo. Caso a tireóide não funcione corretamente desde cedo, a criança terá alterações no ritmo de crescimento, podendo sofrer distúrbios de hormônios sexuais influindo, desta forma, na fertilidade.
No coração: enfraquecimento do músculo cardíaco, entupimentos de válvulas
ou artérias.


E muitas outra patologias ligadas a cada órgão.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A reflexologia



A REFLEXOLOGIA ajuda a eliminar problemas causados por doenças específicas.

Ao trazer o corpo de volta a um estado de equilíbrio, o tratamento reflexo lógico pode combater diversas doenças.
A REFLEXOLOGIA relaxa tensões, melhora a circulação sanguínea, oxigenação e o sistema nervoso, ajudando a equilibrar o organismo naturalmente.

sábado, 3 de dezembro de 2011